Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Aldina Duarte.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Aldina Duarte - Lírio Quebrado
Letra de: Aldina Duarte
Música de: Fado Bailado
 
entreguei ao vento a morte
para ver se me esquecia
nem mais som, nem movimento
acalmaram o mau tempo
no deserto em que vivia

corri praças roubei flores
em jardins cheios de gente
cruzei rosas com os lírios
numa teia de martírios
quase leve e transparente

a chorar a tua ausência
adivinho a tempestade
meu amor sem fantasia
entristece dia a dia
porque morre de saudade
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Aldina Duarte
• Ai meu amor se bastasse
• Lírio Quebrado
• Sonho Lento

 
 
Quem tem cu tem medo.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15764524 páginas visitadas - 145 visitantes ligados
Contacte-nos