Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Alfredo Marceneiro.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Alfredo Marceneiro - Janela da vida
Letra de: Carlos Conde
Música de: Alfredo Marceneiro
 
para ver quanta fé perdida
e quanta miséria sem par
há neste orbe, atroz ruím
pus-me à janela da vida
e alonguei o meu olhar
p´lo vasto mundo sem fim.

vi dar aos ladrões valores
e sentimentos perdidos
nas que passam por honradas
vi cinísmos vencedores
muitos heróis esquecidos
e vaidades medalhadas

vi no torpor mais imundo
profundas crenças caíndo
e maldições ascendendo
tudo vi neste mundo
vi miseráveis subindo
homens honrados descendo

esse é rico, e não tem filhos
que os filhos não dão prazer
a certa gente de bem
aquele tem duros trilhos
mas é capaz de morrer
p´los filhinhos que tem

esta é rica em frases ledas
diz-se a mais casta donzela
mas a honra onde ela vai
aquela não veste sedas
mas os garotitos dela
são filhos do mesmo pai

por isso afirmo com ciso
que p´ra na vida ter sorte
não basta a fé decidida
p´ra ser feliz é preciso
ser canalha atá à morte
ou não pensar mais na vida.
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Alfredo Marceneiro
• A Casa da Mariquinhas
• Amor de mãe
• Amor é água que corre
• Bairros de Lisboa
• Bêbado pintor
• Cabaré
• Conceito
• Depois do Leilão
• Despedida
• Fado bailado
• Fado cravo
• Fado da balada
• Já sabem da Mariquinhas
• Janela da vida
• Laranjeira florida
• Lembro-me de ti
• Menina do mirante
• Mocita dos caracois
• O Leilão da Mariquinhas
• O louco
• O Marceneiro
• O pagem
• O Pierrot
• O remorso
• O Testamento da Mariquinhas
• Tricana
• Viela

 
 
Amigo deligente, é melhor que parente.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15848067 páginas visitadas - 250 visitantes ligados
Contacte-nos