Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Luís Represas.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Luís Represas - Imortais
Letra de: Luís Represas
Música de: Luís Represas
 
quantos anos tens ?
talvez nem te lembres quantos.
quantos anos fizeste ?
talvez nem te desses conta.

e enquanto fazias anos
já mães dançavam sozinhas
e o mar já guardava tumbas
solitárias.

quantos anos tens?
talvez nem te lembres das velas.
talvez o teu bolo ainda tenha
luz a mais.

talvez haja velas
acesas nos canaviais
em segredo para os que fazem anos
imortais

de um lado ao outro do mundo
dançamos sozinhos no fundo
de um lado ao outro da vida
não temos memórias perdidas

há quantos anos já foi
e quantos anos nos faltam
para que a memória dos parares
não seja demais

afinal, quantos anos terão
depois da destruição ?
afinal, quantos anos farás
em solidão ?
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Luís Represas
• 125 azul
• A hora do lobo
• A marca
• A última festa
• A vez mais próxima do fim
• Acontece
• Ainda podes voar
• Ando em busca das palavras
• Ao canto da noite
• Ao fim ao cabo
• Aqui não me parece
• Às vezes
• Às voltas
• Assalto (ao beijo armado)
• Ausência e tu
• Benção de ser homem
• Chave dos sonhos
• Cinco estradas
• Com um desejo só
• Da próxima vez
• Do fundo do tempo
• E foi Dezembro
• Em frente do sol
• Enquanto
• Enquanto dormes
• Eu vi
• Falei demais
• Feiticeira
• Fogo de vista
• Foi como foi
• Fora de tempo
• Guaguancó y fado
• Imortais
• Libre
• Linha da frente
• Mariana
• Não é por castigo
• Não me atrevo
• Não ponhas o vestido
• Neva sobre a marginal

 
 
Voz corrente muito mente.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15828308 páginas visitadas - 160 visitantes ligados
Contacte-nos