Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Mafalda Veiga.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Mafalda Veiga - Fim do Dia (No lado quente da Saudade)
Letra de: Mafalda Veiga
Música de: Mafalda Veiga
 
esperei-te no fim de um dia cansado
à mesa do café de sempre
o fumo, o calor e o mesmo quadro
na parede já azul poente
alguém me sorri do balcão corrido
alguém que me faz sentir
que há lugares que são pequenos abrigos
para onde podemos sempre fugir

da tarde tão fria há gente que chega
e toma um café apressado
e há os que entram com o olhar perdido
à procura do futuro no avesso do passado

o tempo endurece qualquer armadura
e às vezes custa arrancar
muralhas erguidas à volta do peito
que não deixam partir nem deixam chegar

o escuro lá fora incendeia as estrelas
as janelas, os olhares, as ruas
cá dentro o calor conforta os sentidos
num pequeno reflexo da lua

enquanto espero percorro os sinais
do que fomos que ainda resiste
as marcas deixadas na alma e na pele
do que foi feliz e do que foi triste

sabe bem voltar-te a ver
sabe bem quando estás ao meu lado
quando o tempo me esvazia
sabe bem o teu abraço fechado

e tudo o que me dás quando és
guarida junto à tempestade
os rumos para caminhar
no lado quente da saudade
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Mafalda Veiga
• A fantasia (tem brilhos como as estrelas)
• Baile
• Baile
• Balada de un Soldado
• Cada Lugar Teu
• Cada Lugar Teu
• Canção de Macau
• Charco
• Cidade
• Coisas Dispersas
• Cúmplices
• Dança da terra
• Em toda a parte
• Enquanto Houver
• Escuro e Luar
• Ficar mais perto
• Fim do Dia (No lado quente da Saudade)
• Fonte dos Deuses
• Fragilidade
• Gente Perdida
• Grito
• Ilha
• Lado (a lado)
• Lenda de Uma Cigana
• Lisboa de mil amores
• Llovzina
• Me Escapé Con Mi Guitarra
• Nalgum Lugar Perdido
• Nazaré
• No fundo dos teus olhos
• No Rasto de Sol
• Nós
• O Bêbado Pintor
• O Lume
• O Menino da sua mãe
• O meu Abrigo
• O Nome do Sal
• Outro dia que amanhece
• Ouve-se o mar
• Passos

 
 
Quem sabe do barco é o barqueiro.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15764544 páginas visitadas - 147 visitantes ligados
Contacte-nos