Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Vitorino.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Vitorino - Contos Do Principe Real
Letra de: Vitorino
Música de: Vitorino
 
no jardim do príncipe real
(ainda hoje tenho de lá ir)
encontrei-me com fulana de tal
pus-me a ver as estrelas a luzir

trocámos silêncios de mãos dadas
conversámos com os olhos e o pensar
espreitavam-nos do quarto da criada
do palácio italiano com portal

mas um dia perdeu-se o coche vermelho
que a princesa levava sempre ao jardim
meteu-se por caminhos que não têm fim
perco a esperança de à noite tornar a vê-lo

novembro maldito mês das almas,
nesse ano nem o azul do céu poupaste,
carregaste com nuvens de negro corte.
mas vamos rapazes depressa ao vinho,
porque ao vinho não o vence nem a morte!
porque ao vinho não o vence nem a morte!
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Vitorino
• A Primavera do Outono
• Abertura e Saias da Vila do Redondo
• Adeus Fado Pessoa
• Ai Os Modos De Ser Lágrima
• Alcácer Quibir
• Alentejo És Nossa Terra
• Ana I (Homenagem a Jorge Sena)
• Ana II (Homenagem a Jorge Sena)
• Andando Pela Vida
• Andorinha Negra
• Aos Amigos
• Aos Maridos
• Barbara Rosinha
• Barrancos És Minha Terra
• Bolero do Coronel Sensível Que Fez Amor em Monsanto
• Borboleta
• Branco
• Canção Para A Minha Filha Isabel Adormecer Quando Tiver Medo Do Escuro
• Cantares Do Mês D´Outubro
• Cante Cigano
• Cantiga da Ceifa
• Cantiga de Amigo
• Cantiga de Reis
• Cantiga de Roda
• Cantiga de Uma Greve de Verão
• Cantiga Dum Marginal do Século XIX
• Cantiga Partindo-se
• Carbonárias (Final)
• Cervejaria da Trindade
• Chamaste-me Extravagante
• Confissões (Nunca Fui Além)
• Contos Do Principe Real
• Cruel Vento
• Dá-me Cá Os Braços Teus
• Diz a laranja ao limão
• Dizem Praí Que Chegou
• Do Outro Lado do Tejo
• Dona Filomena
• E Se Eu Não Te Amar Mais
• Em 25 de Março

 
 
Ruídos ao Nascente: desapõe os bois e foge sempre.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15848293 páginas visitadas - 81 visitantes ligados
Contacte-nos