Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Sérgio Godinho.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Sérgio Godinho - Cantiga da Velha Mãe e dos Seus Dois Filhos
Letra de: Sérgio Godinho
Música de: José Mário Branco
 
ai o meu pobre filho, que rico que é
ai o meu rico filho, que pobre que é
nascidos do mesmo ventre
um vive de joelhos pró outro passar à frente
e esta velha mãe para aqui já no sol poente

um dia há muito tempo, vi-os partir
levando cada um do outro o porvir
seguiram pela estrada fora
um voltou-se para trás, disse adeus que me vou embora
voltaremos trazendo connosco a vitória

de que vitória falas, disse eu então
da que faz um escravo do teu irmão?
ou duma outra que rebenta
como um rio de fúria no peito feito tormenta
quando não há nada a perder no que se tenta?

passaram muitos anos sem mais saber
nem por onde passavam, nem se por ter
criado os dois no mesmo chão
eram ainda irmãos, partilhavam ainda o pão
e o silêncio enchia de morte o meu coração

depois vieram novas que o que vivia
da miséria do outro, se enriquecia
não foi para isto que andei
dias que foram longos e noites que não contei
a lutar pra ter a justiça como lei

às vezes rogo pragas de os ver assim
sinto assim uma faca dentro de mim
sei que estou velha e doente
mas para ver o mundo girar de modo diferente
ainda sei gritar, e arreganhar o dente

estou quase a ir embora, mas deixo aqui
duas palavras pra um filho que perdi
não quero dar-te conselhos
mas se é teu próprio irmão que te faz viver de joelhos
doa a quem doer, faz o que tens a fazer
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Sérgio Godinho
• A Barca dos Amantes
• A Boca do Lobo
• A Carolina
• A Carroça dos Poetas
• A Face Visível Da Lua
• A linda Joana
• A Minha Cachopa
• A Noite Passada
• A Paixão do velho Pires, o Marinheiro
• A Última Sessão
• A Vida É Feita de Pequenos Nadas
• A-A-E-I-O
• Aguenta Aí
• Alice No País Dos Matraquilhos
• Amores de Marta
• Antes o Poço da Morte
• Aos Amores
• Aprendi a Amar
• Arranja-me um emprego
• As Armas do Amor
• As Certezas do Meu Mais Brilhante Amor (Coisas do Amor I)
• As Dúvidas do Gaspar
• As Horas Extraordinárias
• Assim Como Um Postal Para o Canadá
• Até Domingo Que Vem
• Bacalhau Basta
• Balada da Rita
• Balada das Descobertas
• Barnabé
• Bate Coração
• Benvindo Sr. Presidente
• Bíblias de um Deus Ateu
• Bico Calado
• Bom Prazer
• Canção dos abraços
• Canção dos palhaços
• Cantiga da Velha Mãe e dos Seus Dois Filhos
• Cantiga do Camolas
• Cão Raivoso
• Caramba

 
 
A chuva de S. João, bebe o Vinho e come o Pão.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15780055 páginas visitadas - 155 visitantes ligados
Contacte-nos