Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Sérgio Godinho.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Sérgio Godinho - Bacalhau Basta
Letra de: Sérgio Godinho
Música de: Sérgio Godinho
 
eu não quero que me dês
o mundo inteiro num beijo
eu não quero que me dês
latifúndios no alentejo
eu não quero que me dês
mais do que tens para me dar
eu não quero nem amendoas
nem anéis nem um colar
nem declarações entusiastas
vou dizê-lo alto e bom som
para quem é bacalhau basta
para quem é bacalhau basta
mas dá-me bacalhau do bom.

foi isto que ela me disse
foi assim que ela falou
quando um dia lhe escrevi
e ela depois telefonou
quando a fiu ver à janela
a persiana corrida
tinha uma fresta e por ela
uma mão convidativa
dizia-me: sobe cá acima
subi ao sétimo céu
depois disse-lhe em surdina
depois disse-lhe em surdina
quem gosta de ti sou eu.

depois fomos ao cinema
ver um filme de aventuras
cheio de peripécias
umas moles e outras duras
com tiros à queima-roupa
e beijos à holywood
lá me fui chegando a ela
imitando-os como pude
torcido como um ginasta
até que disse: que se lixe
para quem é bacalhau basta
para quem é bacalhau basta
o teu amor é que é fixe.

dei-lhe uma fotografia
e fita-cola para a colar
foi colá-la na parede
e disse: aqui vai ficar
e mesmo se um dia formos
cada um para seu lado
o teu rosto ficará
para sempre aqui marcado
e enquanto que a gente se afasta
falará do noso amor
para quem é bacalhau basta
para quem é bacalhau basta
e foi bacalhau do melhor.

a vida não vale nada
e a morte vale ainda menos
mas quando é a nossa vida
vale aquilo que fazemos
desde o dia em que se nasce
até à noite em que se morre
é com aquilo que se faz
que o caminho se percorre
e se a vida é para ser gasta
vamos gastá-la a preceito
para quem é bacalhau basta
para quem é bacalhau basta
mas que seja bacalhau bem feito.
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Sérgio Godinho
• A Barca dos Amantes
• A Boca do Lobo
• A Carolina
• A Carroça dos Poetas
• A Face Visível Da Lua
• A linda Joana
• A Minha Cachopa
• A Noite Passada
• A Paixão do velho Pires, o Marinheiro
• A Última Sessão
• A Vida É Feita de Pequenos Nadas
• A-A-E-I-O
• Aguenta Aí
• Alice No País Dos Matraquilhos
• Amores de Marta
• Antes o Poço da Morte
• Aos Amores
• Aprendi a Amar
• Arranja-me um emprego
• As Armas do Amor
• As Certezas do Meu Mais Brilhante Amor (Coisas do Amor I)
• As Dúvidas do Gaspar
• As Horas Extraordinárias
• Assim Como Um Postal Para o Canadá
• Até Domingo Que Vem
• Bacalhau Basta
• Balada da Rita
• Balada das Descobertas
• Barnabé
• Bate Coração
• Benvindo Sr. Presidente
• Bíblias de um Deus Ateu
• Bico Calado
• Bom Prazer
• Canção dos abraços
• Canção dos palhaços
• Cantiga da Velha Mãe e dos Seus Dois Filhos
• Cantiga do Camolas
• Cão Raivoso
• Caramba

 
 
Escuta o conselho dos outros e segue o teu.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15780135 páginas visitadas - 156 visitantes ligados
Contacte-nos