Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Luís Represas.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Luís Represas - Ausência e tu
Letra de: Luís Represas
Música de: Luís Represas
 
a noite já não cai como caía dantes
e a lua não se expõe com tanto avontade
as ruas brilham menos por não ter brilhantes
que alguém roubou do guarda jóias da cidade

cansadas estão as penas dos nossos poetas
que correm nos papeis em busca dos amantes
p´ra lhes dar um motivo p´ra guiar as setas
que os cupidos que restam lançam delirantes

só tu me dás motivos p´ra manter acesa
a luz que brilha junto da minha janela
alguma coisa quente e flores sobre a mesa
algum amor que se consome numa vela

já tudo em volta parece estar deserto
contudo um cheiro intenso me revolve o fundo
da alma só me resta um desejo certo
de me saber sozinho contigo no mundo

se o sol tiver a força que duvido ter
de matar as dúvidas que a noite tem
certamente um olhar se trocará com outro
adivinhando um beijo que decerto vem
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Luís Represas
• 125 azul
• A hora do lobo
• A marca
• A última festa
• A vez mais próxima do fim
• Acontece
• Ainda podes voar
• Ando em busca das palavras
• Ao canto da noite
• Ao fim ao cabo
• Aqui não me parece
• Às vezes
• Às voltas
• Assalto (ao beijo armado)
• Ausência e tu
• Benção de ser homem
• Chave dos sonhos
• Cinco estradas
• Com um desejo só
• Da próxima vez
• Do fundo do tempo
• E foi Dezembro
• Em frente do sol
• Enquanto
• Enquanto dormes
• Eu vi
• Falei demais
• Feiticeira
• Fogo de vista
• Foi como foi
• Fora de tempo
• Guaguancó y fado
• Imortais
• Libre
• Linha da frente
• Mariana
• Não é por castigo
• Não me atrevo
• Não ponhas o vestido
• Neva sobre a marginal

 
 
Arrenda a vinha e o pomar se os queres desgraçar.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15828275 páginas visitadas - 184 visitantes ligados
Contacte-nos