Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Ana Moura.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Ana Moura - Desculpa (Seria Quase Voz)
Letra de: Jorge Fernando
Música de: José Pereira
 
desculpa de não ser como tu queres
de ser o lado errado entre nós
aperta-me em teus braços de mulher
disseste-o num soluço quase voz

desculpa não ser mais p’ra te oferecer
no tudo que te dou e que é tão pouco
repousa-me em teus braços de mulher
disseste tu num tom velado e rouco

desculpa a pequenez que me apequena
aos teus olhos adultos penetrantes
acolhe com piedade a alma enferma
disseste à flor džuns lábios delirantes

desculpa por te olhar aquém do pranto
que dos meus olhos corre ao estarmos sós
desculpa por ainda te amar tanto
disseste-o num soluço quase voz
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Ana Moura
• As Vezes
• Desculpa (Seria Quase Voz)
• Endeixa
• Flor de Lua
• Guarda-me a Vida na Mão
• Guitarra
• Lavava no Rio Lavava
• Meu Triste, Triste Amor
• Nao Hesitava Um Segundo
• Nasci P'ra Ser Ignorante
• Porque Teimas Nesta Dor
• Preso Entre o Sono e o Sonho
• Quem Vai ao Fado
• Sou do Fado, Sou Fadista

 
 
Noite aqui, noite em casa.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15518642 páginas visitadas - 223 visitantes ligados
Contacte-nos