Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Ana Moura.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Ana Moura - Preso Entre o Sono e o Sonho
Letra de: Jorge Fernando
Música de: Fontes Rocha
 
uma flor não te dá nome
não há jardim que te cresça
vou saciar minha fome
quando em ti meu olhar desça

um silêncio que te chama
e os olhos num longo traço
fecham-se à luz que derrama
sobre a cama que eu desfaço
um livro espera tristonho
entreaberto a meu lado
preso entre o sono e o sonho
nem aberto nem fechado

não há caminho que tome
não há voz que em mim conheça
que chegue pžra te dar nome
não há flor que te pareça
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Ana Moura
• As Vezes
• Desculpa (Seria Quase Voz)
• Endeixa
• Flor de Lua
• Guarda-me a Vida na Mão
• Guitarra
• Lavava no Rio Lavava
• Meu Triste, Triste Amor
• Nao Hesitava Um Segundo
• Nasci P'ra Ser Ignorante
• Porque Teimas Nesta Dor
• Preso Entre o Sono e o Sonho
• Quem Vai ao Fado
• Sou do Fado, Sou Fadista

 
 
Ao bebado e ao tolo, dá-se o caminho todo.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15518044 páginas visitadas - 68 visitantes ligados
Contacte-nos