Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: José Mário Branco.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
José Mário Branco - Alerta
Letra de: Grupo de acção Cultural
Música de: José Mário Branco
 
pelo pão e pela paz
e pela nossa terra
pela independência
e pela liberdade
alerta! alerta!
às armas! às armas!
alerta!
pelo pão que nos rouba a burguesia
que nos explora nos campos e nas fábricas
operários, camponeses hão-de um dia
arrebatar o poder à burguesia
abaixo a exploração!
pelo pão de cada dia!
pois claro!
só teremos a paz definitiva
quando acabar a exploração capitalista
camaradas soldados e marinheiros
lutemos juntos pela paz no mundo inteiro
soldados ao lado do povo!
pela paz num mundo novo!
pois claro!
(refrão)
pela terra que nos rouba essa canalha
dos monopólios e grandes proprietários
camponeses, lutem p´la reforma agrária
p´ra dar a terra àquele que a trabalha
reforma agrária faremos!
a terra a quem a trabalha!
pois claro!
pela independência nacional
contra o domínio das grandes potências
fora o imperialismo internacional
que tem nas mãos metade de portugal
abaixo o imperialismo!
independência nacional!
pois claro!
(refrão)
não há povo que tenha liberdade
enquanto houver na sua terra exploração
liberdade não se dá só se conquista
não há reforma burguesa que resista
democracia popular!
e ditadura proletária!
pois claro!




1975 - 12º festival rtp da canção
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: José Mário Branco
• A Morte Nunca Existiu
• Alerta
• As canseiras desta vida
• Cantiga da Velha Mãe e dos Seus Dois Filhos
• Cantiga do fogo e da guerra
• Cantiga para pedir dois tostões
• Capotes brancos, capotes negros
• Casa comigo Marta
• Eh! Companheiro
• Eu vim de longe
• Fado da tristeza
• O Charlatão
• Onde vais ó caminheiro
• Quando eu for grande (carta aos meus netos)
• Queixa das almas jovens censuradas
• Sant´Antoninho
• Tiro-no-liro

 
 
Não faças nada antes de consultar a almofada.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15828811 páginas visitadas - 62 visitantes ligados
Contacte-nos