Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Eugénia Melo e Castro.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Eugénia Melo e Castro - Começo de Mar
Letra de: Eugénia Melo e Castro
Música de: Yório Gonçalves
 
no meio daquele reflexo de água
no centro de um repuxo de vento
parada numa corrente de mar
estou dentro do que quero estar
há sempre uma gota de vento maré
provoca a seca em que perco o pé

entre um corpo que circula
entre um ângulo que tem fim
a parede e o espaço
entre um grito e um cansaço
está um som que reconheço
está tão lento
já não esqueço
está tão velho
recomeço

no meio deste reflexo de tempo
entre um corpo que trabalha
parada numa corrente de ar
entre a parede e o cansaço
estou no fim de um repuxo lento
estou entre um passo que tem espaço

dentro do que quero estar
entre um grito e um começo de mar
está um som que reconheço
há sempre uma gota de vento maré
provoca a cheia em que ganho o pé
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Eugénia Melo e Castro
• A cor do ar
• A dança da Lua
• Águas de todo o ano
• Ao cair da tarde
• Cais
• Caso de amor
• Cobra-Aranha
• Começo de Mar
• Difrença horária
• Duas cidades
• Duas cidades
• É assim
• Em milímetros
• Fora da terra
• Lugar sem fim
• Magicamente
• Meu e assim
• Que amor não me engana
• Terra de Mel
• Um gosto de Sol
• Uma canção
• Vaga no azul
• Velho Mar
• Vira virou

 
 
No princípio ou no fim, costuma Abril a ser ruim.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15828737 páginas visitadas - 55 visitantes ligados
Contacte-nos