Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Manuel Freire.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Manuel Freire - Pedro Só
Letra de: Fernando Assis Pacheco
Música de: Manuel Jorge Veloso
 
passaram anos e anos
sobre esta roda da vida,
farinha que foi moída,
vai-se a ver, são desenganos

atou-me a sorte este nó,
cobriu-me com estes panos.
ao peso dos meus enganos
sai a farinha da mó.

na palma da mão estendida
leio um caminho de pó
lembranças do homem só
são as andanças da vida

foram dias, foram anos,
foi uma sorte moída,
vida que tenho vivida,
(vai-se a ver são desenganos)[bis]

foram dias, foram anos,
for a sorte apodrecida.
dentro da roda da vida
sinto roer os fusanos

lembranças da minha vida
perdem-se em nuvens de pó.
bem me chamam pedro só,
(nome de roda partida)[bis]


(música do filme "pedro só" de alfredo tropa 1970)
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Manuel Freire
• Ei-los que partem
• Fala do Velho do Restelo ao astronauta
• Lágrima de preta
• Livre (não há machado que corte)
• Menina bexigosa
• Pedra Filosofal
• Pedro Só
• Pequenos deuses caseiros
• Poema da malta das naus

 
 
Não contes os pintos senão depois de nascidos.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15919985 páginas visitadas - 56 visitantes ligados
Contacte-nos