Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: José Afonso (Zeca).

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
José Afonso (Zeca) - O Pastor de Bensafrim
Letra de: José Afonso
Música de: José Afonso
 
ó ventos do monte
ó brisas do mar
a história que vou contar
dum pastor florival
meu irmão de bensafrim
natural rezava assim

passava ele os dias
no seu labutar
e os anos do seu folgar
serras vai serras vem
seu cantar não tinha fim
o pastor cantava assim

ó montes erguidos
ó prados do mar em flor
ó bosques antigos
trajados de negra cor
voa andorinha
voa minha irmã
não te vás embora
vem volta amanhã
dizei amigos
dizei só a mim
todos só de um lado
quem vos fez assim

dizei-me mil prados
campinas dizei
a história que não contei
serras vai serras vem
o seu mal não tinha fim
o pastor cantava assim

ó montes erguidos
ó prados do mar em flor
ó bosques antigos
trajados de negra cor
voa andorinha
voa minha irmã
não te vás embora
vem volta amanhã
dizei amigos
dizei só a mim
todos só dum lado
quem vos fez assim

seu bem que ele vira
num rio a banhar
ao vê-lo vir espreitar
nunca mais apareceu
ao pastor de bensafrim
sua dor chorava assim

ó montes erguidos
ó prados do mar em flor
ó bosques antigos
trajados de negra cor
voa andorinha
não te vás embora
vem volta amanhã
dizei amigos
dizei só a mim
todos só dum lado
quem vos fez assim
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: José Afonso (Zeca)
•  Qualquer Dia
• A acupunctura em Odmira
• A Cidade
• A formiga no carreiro
• A Morte saiu à rua
• A Mulher da Erva
• A presença das formigas
• Achégate a Mim, Maruxa
• Adeus Ó Serra da Lapa
• Agora
• Ailé Ailé
• Ailé! Ailé!
• Alegria da Criação
• Ali está o rio
• Alípio de Freitas
• Altinho
• Altos Castelos
• Amor de Estudante
• Arcebispada
• As noivas dos bilros
• As Pombas
• As Sete Mulheres do Minho
• Avenida de Angola
• Bailia
• Balada Aleixo
• Balada do Outono
• Balada do sino
• Benditos
• Canção da paciência
• Canção de embalar
• Canção do Desterro (Emigrantes)
• Canção do Mar
• Canção do Vai... e Vem
• Canção Longe
• Canta Camarada
• Canta o Colie
• Canta o juiz
• Cantar alentejano
• Cantares de Andarilho
• Cantiga do Monte

 
 
A fome é a melhor cozinheira.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15645921 páginas visitadas - 69 visitantes ligados
Contacte-nos