Cantos da Terra - Tradições portuguesas.
Personagens carismáticos da história de Portugal
Listagem simples
Listagem com fotografia

20 Personagens + lidos
20 Personagens - lidos

O seu donativo ajuda-nos a manter as tradições portuguesas online
Um espaço de consulta gratuita há mais de 18 anos.
Clique para ligar rádio
- Poderá continuar a navegar.

 
 • Letras de: Camané.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Camané - Não sei
Letra de: Manuela de Freitas
Música de: Fado Versículo
 
não sei que rio é este em que me banho
que destrói todas as margens que escolhi
que leva para o mar tudo o que tenho
e me traz da nascente o que perdi


não sei que vento é este de repente
que tudo o que eu desfiz ele refaz
que me empurra com força para a frente
quando caio desamparada para trás


não sei que tempo é este em que carrego
co´ a memória das coisas que não guardo
que me obriga a partir sempre que chego
e a chegar cedo demais sempre que tardo


não sei que sol é este que me abrasa
quanto mais tapo os olhos e me abrigo
que abre a tudo o que é estranho a minha casa
quanto mais eu me fecho só comigo


que não-saber é este que não quer
saber do não-saber que lhe ensinei
e que faz com que eu aprenda sem querer
a saber cada vez mais o que não sei
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Camané
• A cantar é que te deixas levar
• A luz de Lisboa (Claridade)
• À mercê de uma saudade
• A minha rua
• A saudade aconteceu
• Acordem as guitarras
• Ah quanta melancolia
• Aquela triste e leda madrugada
• Balada
• Canção
• Complicadíssima teia
• Disse-te adeus
• Dor Repartida
• Ela tinha uma amiga
• Elegia do amor
• Escada sem corrimão
• Esquina de rua
• Esta contínua saudade
• Estranho fulgor
• Eu não me entendo
• Fado da recaída
• Fado da sina
• Fado da tristeza
• Fado da vendedeira
• Fado Penélope
• Fado Sagitário
• Fecho os olhos p´ra dar
• Filosofias
• Guitarra, guitarra
• Guitarras de Lisboa
• Mais um fado no fado
• Marcha do Bairro Alto - 1995
• Maria
• Maria II
• Memórias de um chapéu
• Mote
• Não posso
• Não sei
• Noite Apressada
• O espaço e o tempo

 
 
Pode, quem quiser; empe, quem souber.


 

 

© 2003-2024 Cantos da Terra - Todos os direitos reservados.
15848162 páginas visitadas - 74 visitantes ligados
Contacte-nos