• Personagem: Luciano Freire
 

Luciano Freire

Professor e académico de mérito da Academia Real das Belas Artes, de Lisboa. Nasceu na mesma cidade em 1864, cursou a referida Academia Real de Belas Artes, onde concluiu em 1886 o curso de pintura histórica, completando os seus estudos em sucessivas viagens ao estrangeiro.

Debutou na exposição da Sociedade Promotora de Belas Artes, em 1887, com a apresentação do quadro D. Sebastião, que pertence à Câmara Municipal de Lisboa, à, qual igualmente pertence um esboceto representando Martim de Freitas ante o tumulo de D. Sancho, concurso aberto pela mesma corporação em 1889.

Abandonando a pintura histórica, dedicou-se à pintura de género produzindo entre outros quadros o intitulado Catraeiros, que figura no Museu Nacional, que lhe valeu o titulo de académico de mérito da Academia Real de Belas Artes de Lisboa (1895), da qual é hoje secretario.

Nas últimas exposições do Grémio Artístico, manifestou tendência para o simbolismo, apresentando os quadros Perfume dos Campos e Eterno Escravo.

Rege desde 1896 a cadeira de modelo vivo na Escola de Belas Artes de Lisboa. Tem colaborado na parte artística de algumas revistas e publicações ilustradas.

 
 
««« Voltar
 
 

 

© 2003-2019 Canto da Terra - Todos os direitos reservados.
Desenhado para IE 5.x - Resolução mínima: 1024x768.
10373103 páginas visitadas - 44 visitantes ligados
Contacte-nos