• Personagem: António Egas Moniz
 

António Egas Moniz

Médico, investigador, prémio Nobel: 1874 – 1955

1874: António Egas Moniz nasce, em Avanca, concelho de Estarreja, Beira Litoral.
1891: Matricula-se na Universidade de Coimbra.
1899: Forma-se em Medicina.
1908: na sequência do golpe revolucionário de 29 de Janeiro, é preso.
1902: Leitor em Coimbra.
1911: Muda-se para Lisboa, onde passa a ensinar a recente cadeira de Neurologia.
1903: Eleito membro do Parlamento.
1916: Nova prisão (motivada pelas suas ideias antiditatoriais).
1917: Funda o Partido Centrista. Mais tarde, nomeado Embaixador em Madrid por Sidónio Pais.
1918: Presidente da Delegação Portuguesa à Conferência de Paz de Versalhes.
1927: A primeira angiografia cerebral bem sucedida, num paciente vivo, é concretizada a 28 de Junho.
1949: Prémio Nobel da Medicina.
1950: Publica “A Nossa Casa”, memórias autobiográficas.
1955: Morre a 13 de Dezembro.

 
 
««« Voltar
 
 

 

© 2003-2017 Canto da Terra - Todos os direitos reservados.
Desenhado para IE 5.x - Resolução mínima: 1024x768.
9557611 páginas visitadas - 253 visitantes ligados
Contacte-nos