• Letras de: Adriano Correia de Oliveira.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Adriano Correia de Oliveira - Pedro Soldado
Letra de: Manuel Alegre
Música de: Adriano Correia de Oliveira
 
já lá vai pedro soldado
num barco da nossa armada
e leva um nome bordado
num saco cheio de nada
triste vai pedro soldado

branda rola não faz ninho
nas agulhas do pinheiro
não é pedro marinheiro
nem no mar é seu caminho

nem anda a branca gaivota
pescando peixes em terra
nem é de pedro essa rota
dos barcos que vão à guerra

onde não anda ceifando
já o campo se faz verde
e em cada hora se perde
cada hora que demora
pedro no mar navegando

não é pedro pescador
nem no mar vindimador
nem soldado vindimando
verde vinha vindimada
triste vai pedro soldado

já lá vai pedro soldado
num barco da nossa armada
deixa um nome bordado
e era pedro soldado

branda rola não faz ninho
nas agulhas do pinheiro
não é pedro marinheiro
nem no mar é seu caminho

deixa um nome bordado
e era pedro soldado
e era pedro soldado
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Adriano Correia de Oliveira
• As mãos
• As mãos
• Canção com lágrimas
• Canção da fronteira
• Canção terceira
• Cantar de emigração (este parte, aquele parte)
• E alegre se fez triste
• Erguem-se muros
• Eu e Tu, Meu Amor
• Há dias em que mais vale...
• Margem Sul
• Menina dos olhos tristes
• Pedro Soldado
• Pensamento
• Porque
• Tejo que levas as águas
• Trova do vento que passa

 
 

 

© 2003-2018 Canto da Terra - Todos os direitos reservados.
Desenhado para IE 5.x - Resolução mínima: 1024x768.
10238034 páginas visitadas - 71 visitantes ligados
Contacte-nos