• Letras de: Paco Bandeira.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Paco Bandeira - Ternura dos quarenta
Letra de: Paco Bandeira
Música de: Paco Bandeira
 
quando penso o que passei
fronteiras de solidão
tinha prá dar e não dei
olhei para mim e pensei

não tenho nada na mão
tive o tempo e não senti
tive amores e não amei
os amigos que perdi
e as loucuras que vivi
são tantas que já não sei


[refrão]


quem eu era, quem sou eu e quem pareço
se alguém hoje me espera, com certeza que mereço
mereço ainda ,amor a tua presença
para enfrentar a vida, com a ternura dos quarenta



foram tantas as idades
da vida que atrás deixei
não quero sentir saudades
vou em outras amizades

amar o que não amei
os copos que não bebi
os discos que não toquei
os poemas que não li
os filmes que nunca vi
as canções que não cantei


[refrão]


meus amigos, importante é o sorriso
para seguir viagem
com a coragem, que é preciso
não adianta ,deitar contas a vida
a ternura dos quarenta
não tem conta, nem medida
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Paco Bandeira
• Batalha-Povo
• Chula da livração
• É por isso que eu vivo
• Ternura dos quarenta
• Vamos cantar de pé

 
 

 

© 2003-2017 Canto da Terra - Todos os direitos reservados.
Desenhado para IE 5.x - Resolução mínima: 1024x768.
9557588 páginas visitadas - 233 visitantes ligados
Contacte-nos