• Letras de: Popular Açores.

2564 letras disponíveis para consulta

(estas letras no seu site...clique aqui!)
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
Popular Açores - Pezinho da vila
Letra de: Popular
Música de: Popular
 
eu nasci à sexta-feira
de barbas e cabeleira
mais parecia o anti-cristo
até o senhor padre cura
que é homem de sabedura
nunca tal houvera visto

ponha aqui o seu pezinho
devagar devagarinho
se vai à ribeira grande
eu tenho uma carta escrita
para ti cara bonita
não tenho por quem a mande

fui-me casar às capelas
por ser fraco das canelas
com uma mulher sem nariz
estas gentes das fajãs
já me deram os parabans
p´lo casamento que eu fiz

eu fui de lisboa a sintra
à casa da tia jacinta
p´ra me fazer uns calçons
mas a pobre criatura
esqueceu-se da abertura
p´ra fazer as precisons

eu fui até vila franca
escachado numa tranca
à morte duma galinha
o que ela tinha no papo
sete cães e um macaco
e um soldado da marinha

toda a moça qu´é bonita
s´ela chora s´ela grita
nunca houvera de nascer
é coma a maçã madura
da quinta do padre cura
todos a querem comer
 
 
««« Voltar | Versão de impressão Versão para impressão
 
 
Outras letras de: Popular Açores
• A praia
• A senhora Chamarrita
• Ao passar a ribeirinha
• Bela aurora
• Canção Longe
• Charamba
• Charamba II
• Lira
• O fado dos passarinhos
• O ladrão
• O sol perguntou à lua
• Olhos pretos
• Os bravos
• Pezinho da vila
• Pézinho da Vila (2)
• Pézinho da Vila (3)
• Pézinho do pico
• San Macaio
• Sapateia
• Saudadinha

 
 

 

© 2003-2017 Canto da Terra - Todos os direitos reservados.
Desenhado para IE 5.x - Resolução mínima: 1024x768.
9557545 páginas visitadas - 210 visitantes ligados
Contacte-nos