• Lendas
O Agulhado

Imprimir:Versão para impressão

Zona: Leiria - Leiria
««« Voltar
 

Era uma vez ... já lá vão muitos centénios, ainda a igreja de Nossa Senhora da Pena, ou da Penha, era lindamente ordenada de preciosidades que a tornaram muito bela, como muito belas já eram as suas cantarias.

Entre as coisas valiosas que lá havia contava-se uma relíquia, que era um pequenino osso de São Brás, guardado em uma bolsa de rico pano. E quando algum devoto se sentia amargurado ia àquela igreja e colocava a relíquia em volta do pescoço sentindo-se, quase logo, aliviado.

Consta-se que, um dia, um pobre rapaz, engulira descuidadamente, uma agulha e se lhe atravessara na garganta, causando-lhe grande aflição, quase o sufocando.

Apressadamente o levaram diante de N. S. da Penha e lhe puseram a relíquia ao pescoço.

Teve-se este facto como um milagre de N. S. da Pena e o rapaz ficou sendo conhecido por O Agulhado.

 
««« Voltar
 
 
 

 

© 2003-2018 Canto da Terra - Todos os direitos reservados.
Desenhado para IE 5.x - Resolução mínima: 1024x768.
10225744 páginas visitadas - 116 visitantes ligados
Contacte-nos