• Biografia de: Manuel Fernandes
 

Manuel Fernandes

É um dos nomes menos recordados do fado, o que constitui uma injustiça para o seu talento e recursos de fadista inspirado.

Filho de Lisboa, onde nasceu em 1921, desde criança que despertou para a música e para as cantorias. Era tal o seu gosto em cantar que, aos cinco anos, chegava a pegar em vassouras e fingir que eram microfones. Começa, a pouco e pouco, uma carreira amadora que o levava a cantar onde a oportunidade aparecia.

Aos 15 anos o seu nome já anda de boca em boca e percebe que tem de se aventurar profissionalmente na actividade que tanto adorava. Pede conselho a Filipe Pinto, que o encaminha para José Miguel, à época um dos mais influentes (talvez mesmo o mais influente) dos empresários de artistas em Portugal.

Este contrata-o para actuar na verbena de Santa Catarina, então muito popular na vida social da cidade. A partir daí Manuel Fernandes desenvolve uma carreira sempre em ascenção, cantando nas mais importantes casas de fado da capital, como o Solar da Alegria, a Adega Machado, o Luso ou o Retiro dos Marialvas.

Em 1947 surge um dos seus êxitos mais marcantes, A Vassourinha, tema criado por ocasião do nascimento da sua filha. Novos e grandes passos são dados: em 1952 assina o seu primeiro contrato internacional e grava o seu primeiro disco. Será, ainda, elemento integrante do elenco do popular programa radiofónico Os Companheiros da Alegria.

Com o peso da idade a chegar, Manuel Fernandes retirou-se discretamente das luzes da ribalta, mantendo ainda um leque de admiradores incondicionais do seu talento de cantador do fado.

 
 
««« Voltar
 
 

 

© 2003-2017 Canto da Terra - Todos os direitos reservados.
Desenhado para IE 5.x - Resolução mínima: 1024x768.
9565128 páginas visitadas - 216 visitantes ligados
Contacte-nos