• Biografia de: António Chainho
 

António Chainho

Veterano guitarrista, o alentejano António Chainho tem sido um dos nomes mais activos na procura e criação de uma nova música que, partindo do fado, valoriza a guitarra portuguesa.

Natural de S. Francisco da Serra, perto de Santiago do Cacem, onde nasceu em 1938, António Chainho começou a tocar guitarra com o pai, que lhe deu algumas lições, mas é essencialmente um auto-didacta, aprendendo com os instrumentistas que ouvia na rádio.

É só quando vem para Lisboa cumprir o serviço militar (que o levará a Moçambique) que inicia o acompanhamento de artistas, estreando-se profissionalmente em 1960 numa colectividade lisboeta, começando então a ganhar a vida como guitarrista.

Ao longo da sua carreira, acompanhou nomes como Alfredo Marceneiro, Hermínia Silva, Carlos do Carmo e, em 1983, participou na gravação do célebre álbum de Rão Kyao Fado Bailado.

Curiosamente, embora admita que gosta mais de acompanhar do que de tocar como solista, devem-se-lhe dois recentes discos que procuram alargar o fado: A Guitarra e Outras Mulheres, onde contou com a participação de vozes não ligadas ao fado como Teresa Salgueiro (dos Madredeus), Filipa Pais, Marta Dias ou Elba Ramalho, e Lisboa-Rio, com a presença de Ney Matogrosso, Paulinho Moska ou Virgínia Rodrigues.

 
 
««« Voltar
 
 

 

© 2003-2018 Canto da Terra - Todos os direitos reservados.
Desenhado para IE 5.x - Resolução mínima: 1024x768.
9692141 páginas visitadas - 38 visitantes ligados
Contacte-nos